terça-feira, 18 de junho de 2013

Sem Fazer Acepção de Pessoas

                                       Deus Não Faz Acepção de Pessoas
               Vivemos num mundo onde a aparência das pessoas é o que importa. Se uma pessoa, não importando a idade e nem o sexo, entra em uma loja de comércio ou principalmente bancos, maltrapilho e com roupas sujas, todos os presentes já olham desconfiados e ficam temerosos, os guardas ou seguranças já tomam a defensiva, aguardando algum gesto ou atitude suspeita. Mas, se é uma pessoa bem arrumada, talvez de terno, gravata, um vestido bonito, bem apresentável, é uma gentileza só, abrem portas, cumprimentos não faltam, até mesmo, se possível servem cafézinhos, chá ou água gelada, de acordo com o clima do dia.
                 Hoje em dia é comum e corriqueiro se ver no mundo inteiro, à prática da acepção de pessoas. Mas, o que é isso? Que palavra é essa? O que quer dizer?
                 De acordo com o Dicionário Global da Língua Portuguêsa, a palavra "acepção", quer dizer: Preferência, distinção de pessoas, que por sua classe, privilégios ou títulos.
                O medo hoje em dia é normal, por causa dos acontecimentos em que estamos lidando, a violência é muito grande. Mas, essa violência, não é só feita por pessoas pobres e simples, com poder aquisitivo menor, mas é causada também por pessoas ricas com poder aquisitivo maior do que as outras, existe sim, no mundo atual, acepção de pessoas, deixe eu dar um exemplo: - Quando um rico rouba alguma coisa, é considerado doença, chamada de Cleptomania ( Irresistível desejo de roubar ), quando um pobre ou menos afortunado rouba, é considerado ladrão.
                Neste caso de acepção de pessoas, posso citar, o caso das aparências, quanto à roupa, vestuário, etc.
                Se és convidado para uma festa, se não estiveres vestido adequadamente, com boa aparência, você não entra, não lhe deixam participar, você fica de fora.
               Vou lhes relatar uma situação, me contaram isso à uns quinze ou vinte anos atrás, mais ou menos, nem lembro quem me contou, mas, foi assim:
               - Certa pessoa foi convidada para uma festa muito chique, traje de gala, vestimentas lindas. O coitado do homem trabalhou o dia inteiro e não deu tempo de ir em casa e trocar de roupa, mas, ele pensou, que sendo amigo do anfitrião e sabendo que ele trabalhava até tarde, não ia ter problema para entrar na festa. E, foi, chegou na portaria, os seguranças o interpelaram:
              - O senhor não pode entrar vestido desta maneira.
             - Mas, meu nome está na lista de convidados, sou amigo do aniversariante.
             Chamaram os responsáveis pela organização da festa e até mesmo o aniversariante para tentar resolver o impasse causado.
             - Realmente, você é meu amigo, você está na lista de convidados, mas a sua roupa não está adequada para a ocasião, com esta roupa você não pode entrar, sinto muito, disse o aniversariante.
             O homem, cansado do trabalho árduo, saiu decepcionado e triste pelo ocorrido, foi para casa, tomou um bom banho, colocou o seu melhor e mais bonito terno, gravata combinando, perfumou-se todo e voltou para a festa. Chegando lá foi bem recebido, todos o trataram da melhor forma possível, colocaram ele numa mesa bem destacada e foi-lhe servido os melhores pratos e bebidas.
             O homem bem calmo, começou a colocar comida na manga do seu casaco, dizendo: -"Come, roupa, come". De vez em quando, colocava bebida na outra manga do terno dizendo: - "Bebe, roupa, bebe". Todos os convidados olhavam abestalhados e boquiabertos, não entendo nada do que estava acontecendo, o anfitrião veio pessoalmente falar com ele, curioso.
             - Meu amigo, porque estás fazendo isso? Por que esta atitude? Por que está colocando comida e bebida nas mangas da sua roupa?
              O homem olhou bem nos olhos dele e respondeu com a maior calma e trânquilidade:
             - Você é meu amigo hà tanto tempo, e não me deixou entrar com uma roupa simples, somente com uma roupa de gala, então deduzi, que você não convidou a minha pessoa para a sua festa e sim, a minha roupa, agora estou dando de comer e beber a ela, para que ela não saia daqui com fome e com sede, e que você se sinta felíz em ver a minha satisfeita na sua festa. O constrangimento foi muito grande.
              Jesus Cristo, certa vez, foi censurado pelos escribas e fariseus, por estar comendo com pecadores e publicanos, mas ele ouvindo isto, respondeu-lhes que os sãos não precisam de médico, e, sim, os pecadores. - Marcos 2:15-17; Mateus 9:10-13; Lucas 5:29-32.
              Isto nos mostra com toda a certeza, que Jesus Cristo não fazia acepção de pessoas, até mesmo os seus discípulos reconheciam que Jesus não olhava a aparência das pessoas, porque no texto de Mateus 22:16, eles falavam com o Mestre dizendo: -"Mestre, sabemos que és verdadeiro e que ensinas o caminho de Deus, de acordo com a verdade, sem te importares com o quer que seja, porque não olhas a aparência dos homens".
              Também nos exorta a termos a mesma atitude, em João 7:24: "Não julgueis segundo a aparência, e sim pela reta justiça". Deus também nos orienta, em Deuteronômio 16:19a: "Não torcerás a justiça, não farás acepção de pessoas".
               Portanto, devemos estar alertas e nos cuidar-mos para agirmos com distinção e com sabedoria, não fazendo acepção de pessoas e nem tomando em conta a aparência das pessoas.
              Tiago 2:9, nos adverte: "Se, todavia, fazeis acepção de pessoas, cometeis pecado, sendo arguidos pela lei como transgressores", o livro de Colossenses 3:25, nos díz: "Pois aquele que faz  injustiça, receberá em troco a injustiça feita; e nisto não a acepção de pessoas".
               Sejamos como nossos exemplos maiores, tratamos a todos de igual modo, e assim, seremos como Deus, porque para ele não há acepção de pessoas. - Romanos 2:11.

                                                                                               Márcio Roberto da Silva.

Deus e seus verdadeiros seguidores, não fazem acepção de pessoas.

Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...