quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Artigo de Márcio Silva- O Bom Pastor

                                                             O    B O M    P A S T O R
             
               Quem nunca perdeu um objeto de inestimável valor ou afeição e largou tudo quanto estava fazendo para procurá-lo, e não descansou até achá-lo? E ao achá-lo ficou feliz da vida?
                      Vamos dar outro exemplo, um animal de estimação, um cachorrinho ou um gatinho, imagina você não sabendo aonde ele está e procurando pela casa toda não o encontra. Você não sairia pelas
redondezas da sua casa e das ruas para procurá-lo? Até mesmo perguntando aos vizinhos, se eles não o viram?
                     Jesus Cristo contou uma Parábola semelhante, lá nos livros de Mateus 18:12-14 e Lucas 15:3-7, sobre o Bom Pastor.
          O Bom Pastor contava e recontava seu rebanho, ele sabe que as ovelhas são frágeis, são indefesas e míopes. Elas não enxergam tão além quanto o Pastor. Por isso ele sabe que elas precisam muito dele. Mas, nessa contagem e recontagem no lugar das cem ovelhas, havia somente 99, uma se perdeu, se desgarrou do rebanho, uma perda muito grande para quem conhecia cada uma pelo seu nome.
                         Apesar de ser apontada como uma ovelha perdida, esse animal não foi perdido, somente desgarrou-se, afastou-se do grupo, do seu rebanho. Ela foi atraída, de alguma forma para longe, seja para conhecer novos lugares ou porque um pasto melhor, um pouco lá adiante lhe pareceu melhor, mais apetitoso, mais vistoso.
                      Bem devagar, um passo após o outro foi andando, quando notou, já não sabia aonde estava e nem avistou mais seus companheiros de rebanho e até mesmo o seu Pastor.
             O Pastor poderia ter deixado, afinal, ele ainda tinha 99 ovelhas, mas, ele como Bom Pastor, guardou as 99 e foi em busca da ovelha desgarrada. Ele persistiu, até encontrá-la e, quando achou, não a culpou pela fuga, pois ele entendeu que ela é somente uma ovelha. Ao ser resgatada e achada ela estava machucada e desesperada; ao invés de sacrificá-la, diante de sua inutilidade, ele carregou-a em seus braços e festejou sua volta e reintegração ao rebanho.

                             Com Deus, o Bom Pastor, é da mesma forma, Ele não desiste de nos amar. Não abre mão de estarmos, sempre em sua presença. Restaura ao invés de acusar e não nos trata de acordo com nossos pecados, e, sim, de acordo com o seu perdão. Ele valoriza a cada um individualmente, coloca-nos em seus braços e com alegria nos leva de volta para o rebanho, nos leva de volta para casa.
                        Assim é o nosso Bom Pastor, Deus, Ele é misericordioso, é paciente conosco que somos ovelha do seu rebanho, e muitas vezes nos distanciamos do rebanho e Ele pacientemente, vai nos procurar, nos acha, sara nossas feridas e ainda nos coloca de volta ao seu rebanho.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...