sábado, 7 de março de 2015

A N J O S - Primeira Parte - Estudo Bíblico de Márcio Silva


O que é um anjo? O que fazem? Qual a sua função? Quantos são? Onde vivem? 
Qual é o poder dos anjos? Existem anjos bons e maus? O que são anjos caídos? Qual vai ser o destino final deles? Satanás,o diabo,é um anjo? O que ele pode fazer?
                 No mundo secular,nas revistas,jornais,revistas em quadrinhos,descrevem e ilustram os anjos de maneiras diferentes,às vezes,com cabelos loiros e encaracolados,
alto e com uma enorme cabeleira,mulheres lindas e maravilhosas,seminuas ou até mesmo nuas,crianças com ar doce e meigo,mas,todos com um par de asas nas costas,
sejam grandes ou pequenos,e com uma auréola sobre a cabeça.
                No misticismo de hoje,os anjos são mostrados como entes que podem ser manipulados. Há um anjo para cada dia da semana,dá-se um nome,e como relacionar-se bem com ele,existe até mesmo incenso com nome de anjos. Em Brasília,capital do Brasil,havia um líder que recebera uma legião de anjos da parte de Deus e os cedia aos crentes,que deviam se compremeter pagando mensalidades de um carnê pelo "aluguel" dos anjos.
                           Hebraico:  mal',ákl - mensageiro      Grego:  ág,ge,los - mensageiro
            Os anjos são mensageiros espirituais(Apoc.22:8); na Bíblia Sagrada,desde o livro de Gênesis até o livro de Apocalipse,eles aparecem quase 400 vezes,mas,também a palavra "anjos" aplica-se a criaturas humanas,no livro de Apocalipse,capítulos 2 e 3,
refere-se a anjos nas igrejas que estão na Ásia Menor. - Apoc.2:1;2:8;2:12;2:18;3:1;3:7 e 3:14.
                 No mesmo livro,os anjos são mencionados muitos mais vezes do que qualquer outro livro da Bíblia. Inúmeros anjos foram vistos ao redor do Grande Trono de Deus
(Apoc.8:6-9:21),ao passo que outros sete anjos derramaram sete taças da cólera de Deus(Apoc.16:1 - 21),um anjo voava pelo meio do céu trazendo um evangelho eterno
(Apoc.4:16),outro anjo voava e proclamava: "Caiu,a grande Babilônia."-Apoc. 14:8.
               Os anjos anunciaram a concepção e o nascimento de Jesus Cristo(Luc. 1:30,31; 2:10,11),no deserto deram de comer a Jesus,após um jejum de 40 dias(Mat.4:11),um anjo confortou a Jesus no jardim do Getsêmani(Luc.22:43),anjos também anunciaram a ressurreição de Jesus(Mat.28:5-7) e estavam presentes na ascenção de Cristo aos céus.
               Não se sabe exatamente em que período do tempo os anjos foram criados(Jó 38:4,7; Neemias 9:6);a primeira menção a existência dos anjos se dá logo após a expulsão de Adão e Eva do jardim do Éden. Em Gênesis 3:24,menciona que querubins foram colocados à entrada do jardim,impedindo que o homem retornasse. Os anjos,
mesmo sendo espirituais,são seres invisíveis aos olhos naturais,mas, eles podem se fazer visíveis(Mat. 1:20),portanto,são eles invisíveis ao nosso mundo material,apesar de existirem e estarem na nossa volta.
           Apesar de serem superiores a nós,os anjos são "espíritos ministradores,enviados
 para serviço a favor dos que hão de herdar a salvação."(Heb. 1:14),estão sempre ao nosso redor(Salmos 34:7) e até trabalham a nosso favor(Salmos 91:11,12),mas,sempre sob a ordem do Senhor. Os anjos não são pregadores ou evangelistas,apesar de seguirem as ordens de Deus,eles não são responsáveis pela pregação do evangelho( I Ped 1:12),mas,o maior papel dos anjos é o de oferecer louvores a Deus.-Apoc. 7:11,12.


          Os anjos como todos os seres celestes,foram criados por Deus. desde a eternidade passada até a futura,não houve e nem haverá outro como o Filho do Homem,o único ser gerado por Deus(Heb. 1:5),os anjos são imortais,não são eternos,pois eterno é o que não tem princípio e nem fim,eles tiveram início,mas,não morrem. Lucas 20:36 nos díz: "Pois não podem mais morrer,porque são iguais aos anjos". Os anjos não foram criados porque Deus não tinha o que fazer. Os anjos foram criados para darem glória e honra a Deus(Salmos 148:12),foram criados para adorarem a Cristo(Heb. 1:6),eles protegem o povo de Deus(Dan. 12:1),lutam contra satanás(Judas 9; Apoc. 12:7),eles cumprem os propósitos divinos.
            Os anjos são criações divinas,obreiros de Deus,ajudadores dos fiéis,tudo isto faz parte da razão de ser dos anjos. Os anjos são de uma ordem completamente diferente da dos humanos. Deus,criou os anjos da mesma forma que criou a humanidade,os anjos são seres espirituais que podem assumir a forma humana e os humanos são seres físicos,mas,com aspecto espiritual. A maior coisa que podemos aprender dos anjos é sua obediência instântanea e sem questionamentos às ordens de Deus.
           Os anjos são seres pessoais,pois têm inteligência(Dan. 10:13-15),tem emoções(Jó 38:7),tem vontade própria(Isaías 14:13,14),não são oniscientes,ou seja,não sabem de tudo(Mat.24:36),não são onipresentes,ou seja,não estão presentes ininterruptamente
(Dan. 9:21-23),não são onipotentes(Dan. 10:13),são perfeitos e sem falhas(Gên. 1:31),
guiam e guardam os crentes(Salmos 91:11; Heb.1:14),servem o povo de Deus(Mat.
4:11; Luc.22:43),defendem e livram os servos de Deus(Gên.19:11; Atos 5:19,20),
cuidam dos justos falecidos(Luc. 16:22; 24:22-24; Judas 9),cooperam na separação dos justos e ímpios(Mat. 13:49; 25:31,32), e cooperam no castigo imposto aos ímpios e os que não obedecem ao evangelho de Jesus Cristo.-II Tess. 1:7,8.


               Os anjos não tem sexo,eles não se reproduzem conforme a sua espécie,são representados como do sexo masculino(Dan. 8:15,16),não se tem referências a "anjas",
ou anjos do sexo feminino, não fazia parte do plano de Deus a sua reprodução.Os anjos tem o poder de comunicar-se uns com os outros(I Cor. 13:1), eles tem a habilidade de falar várias línguas dos homens(Núm. 22:32-35; Atos 10:3-7), tem a sua morada nos céus(Marc. 12:25), são numerosos, pois a visão de Daniel fala em "milhares de milhares" e "miríades de miríades"(Dan.7:10), Jacó em sua visão da escada que tocava o céu,viu inúmeros anjos,que subiam e desciam(Gên. 28:12), João,na ilha de Patmos,
também viu "milhões de milhões" e "milhares de milhares"(Apoc. 5:11), quando Jesus foi preso, ele mesmo disse, que poderia ter convocado 12 legiões de anjos, naquela época,uma legião ou tropa de soldados romanos, era equivalente a 6.000 homens, ou seja, Deus poderia enviar cerca de 72.000 anjos. - Mateus 26:53.
            O aspecto dos anjos são semelhantes aos homens,de modo que,muitas pessoas,
por causa da sua aparência,chegaram a hospedá-los em suas casas,sem saber(Heb. 13:2),ou como Josué(Josué 5:13-15),e os habitantes de Sodoma(Gên. 19:4,5),que os confundiram com seres humanos normais. Eles apareceram a pessoas no passado: a Agar,no deserto(Gên.16:7), a Abraão(Gên. 18:2; 22:11-18), a Ló(Gên. 28:12; 32:1), a Moisés(Êxod 3:2), aos Israelitas(Êxod 14:19), a Balaão(Núm.22:31), a Josué(Josué 5:15), a Gideão(Juízes 6:11-22), a Davi(II Sam. 24:16,17), a Elias(I Reis 19:5), a Ezequiel(Ezeq.Cap.1), a Daniel(Dan. 6:22), para os três moços na fornalha ardente(Dan. 3:25), a Zacarias(Zac.2:3), a José(Mat. 1:20), aos Pastores no campo(Luc.2:9-13), as mulheres no sepulcro(Mat. 28:2-5), a Pedro e João(Atos 5:19), a Felipe(Atos 8:26), a Pedro(Atos 12:7), a Cornélio(Atos 10:3), a Paulo(Atos 27:23), e a João,na ilha de Patmos, - Apocalipse 1:1.
             Os anjos não aceitam adoração e não foram criados para serem adorados,pois estão a serviço do Senhor, e como todas as criaturas que O servem,tributam e dirigem toda a glória ao Seu nome,como ocorreu em Apocalipse 19:10,quando João prostou-se para adorar um anjo, e foi repreendido: "Vê,não faças isso; sou conservo teu e dos teus irmãos."



                 OS  ANJOS  SÃO  ORGANIZADOS  EM  CLASSES  ANGELICAIS
                        
ANJO DO SENHOR: Considerando como o Anjo do Senhor aparece na Bíblia, a qual revela que ele tem poder para perdoar ou reter pecados(Êx. 23:20,23), que Jacó declara como sendo o próprio Deus(Gên. 32:30), e que o próprio nome de Deus está nele(Êx. 23:11). A identificação precisa do "Anjo do Senhor" não nos é dada especificamente na Bíblia. No entanto,há várias "dicas" importantes para a sua identidade. O "Anjo do Senhor" fala como Deus(Gên 21:17,18; 22:11; Êx 3:2; Juízes 2:1-4),ele identifica-se com Deus(Juízes 6:11-24; Juízes 13:3-22). Em algumas aparições, aqueles que viram o "Anjo do Senhor" temeram por suas vidas, porque eles "tinham visto o Senhor". Portanto, é claro que em pelos alguns casos o "Anjo do Senhor" é uma "teofania", ou seja, uma aparição de Deus em forma física, é Cristo se manifestando em forma corpórea de anjo.
         A palavra "teofania", do grego: "theos(Deus) e "phanein(aparecer), seria aplicada a qualquer manifestação de Deus. As aparições do "Anjo do Senhor" cessaram depois da vinda de Cristo como humano. Anjos são mencionados inúmeras vezes no Novo Testamento, mas, "Anjo do Senhor" nunca é mencionado. É possível que as aparições do "Anjo do Senhor" eram manifestações de Jesus antes de vir ao mundo em forma humana. Jesus se declarou como sendo existente "antes de Abraão"(João 8:58), então, Ele estava ativo e manifesto ao mundo. Qualquer que seja o caso, se o "Anjo do Senhor" era aparição de Jesus Filho, ou uma aparição de Deus Pai, é muito provável que a frase "Anjo do Senhor" identifica uma aparição física do próprio Deus.

ARCANJO: Um anjo de ordem superior. Na Bíblia Sagrada, nunca encontramos "arcanjo" no plural, dando a entender que há apenas um arcanjo. A palavra "arcanjo" ocorre em apenas dois versículos na Bíblia. O livro de I Tessalonicenses 4:16, exclama: "Portanto, o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro." O livro de Judas, no versículo 9, declara: "Contudo, o arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo e disputava a respeito do corpo de Moisés, não se atreveu a proferir juízo infamatório contra ele; pelo contrário, disse: "O Senhor te repreenda!""
           A palavra "arcanjo" significa "principal dos anjos" ou "mais importante dos anjos". Refere-se a um anjo protetor do povo de Deus. Alguns livros apócrifos(livros não inspirados pelo Espírito Santo), mencionam outros "arcanjos" pelos nomes de Rafael, Uriel, Izidquiel, Hanael e Quefarel.


SERAFINS: A palavra hebraica: sera.fim é um substantivo no plural, derivado do verbo: as.ráf, que significa "queimar",de modo que o termo hebraico: sera.fim, significa "ardentes", "queimadores" ou "sublimes". São criaturas espirituais posicionadas em torno do Trono de Deus,eles se preocupam com a adoração a Deus,perante o Seu Santo Trono(Isaías 6:1-7),são seres angelicais.O profeta Isaías relata no seu livro,em Isaías 6:2-4: "Serafins estavam por cima dele; cada um tinha seis asas; com duas cobriam os seus rostos, e, com duas cobriam seus pés, e, com duas voavam. E, clamavam uns aos outros, dizendo: "Santo, Santo, Santo é o Senhor dos Exércitos; toda a terra está cheia da sua glória". E os umbrais das portas se moveram à voz do que clamava, e a casa se encheu de fumaça." Serafins são anjos que adoram a Deus continuamente.
                A única passagem bíblica que menciona especificamente os Serafins é Isaías capítulo 6. Eles ocupam-se de glorificar e cultuar ao nome do Altíssimo todo o tempo. Esses seres, aparentemente, também serviam como agentes de purificação para Isaías, quando ele começou o seu ministério profético. Um serafim colocou brasa viva nos lábios de Isaías e disse: "A tua iniquidade foi tirada, e perdoado, o teu pecado"(Isaías 6:6,7). Os serafins são perfeitamente obedientes a Deus. Não se menciona o número de serafins, mas clamavam uns para os outros, significando que havia alguns em cada lado do Trono de Deus(Isaías 6:3), são considerados como detentores de grande nobreza por servirem diante do Trono do Senhor.

QUERUBINS: Quer dizer Celestial, Deus é louvado. Criatura angélica de alta categoria, com deveres especiais. As Escrituras mencionam aproximadamente 90 vezes os querubins. Gênesis 3:24: "E, expulso o homem, colocou querubins ao Oriente do Jardim do Éden e o refulgir de uma espada que se revolvia, para guardar o caminho da árvore da vida." São a classe de anjos mais bem detalhados nas Escrituras, são sempre representados como simbólicos, celestiais e alados. Dois deles estavam representados no propiciatório, que era a tampa da Arca do Senhor. Eram de ouro, se encaravam um ao outro e se curvavam em direção à tampa, em atitude de adoração, cada um deles tinham duas asas que se estendiam para cima e recobriam a tampa, como que dum modo defensor e protetor(Êx 25:10-22; Êx 37:6-9), suas imagens foram estampadas nas cortinas do Santuário(Êx 26:1; Êx 36:8-18), os planos arquitetônicos para o magnífico Templo de Salomão requeriam a colocação de dois enormes querubins no Santíssimo, sendo cobertos de ouro, cada um dez côvados(4,5 metros) de altura(I Reis 6:23-28). De maneira similar, nas paredes e nas portas do Templo que Ezequiel observou na sua visão, havia querubins entalhados. - Ezequiel 41:17-20, 23-25.
         Ezequiel relata várias visões em que foram observados querubins de descrição incomum, primeiro,referiu-se a eles com "Criaturas Viventes",tinham quatro rostos quatro asas,tinham mãos de homens(Ez 1:5-28),depois,identificou-os com "querubins"
(Ez 9:3; 10:1-22; 11:22), invariavelmente eles aparecem associados com a pessoa de Deus. A importância deles se vê no fato de que eram eles que guardavem o Trono de Deus(Ez 10:1-4), eram seres com asas e com forma de animal e de homens, que representava a presença, a grandeza e a majestade de Deus. - Gên 3:24; Êx 25:18-22; Ez 1:5-12; 10:1-22.
         O livro de Apocalipse 4:6-9, também descreve querubins. No antigo Oriente, os querubins eram considerados como guardiões dos templos e dos lugares sagrados. Os querubins, tinham como propósito o de magnificar a Santidade e o poder de Deus. Essa era uma de suas responsabilidades por toda a Bíblia. Além de glorificar a Deus, eles também serviam como lembrete visível da majestade e glória de Deus e de sua presença contínua com o Seu povo.

ANJO GABRIEL:  A nobreza de Gabriel, anjo que afirmou habitar diante de Deus, lhe confiou respeito por parte dos escritores sagrados, bem como os da atualidade. Foi Gabriel, que além de outras missões importantes(Dan 8:16; 9:21), foi incumbido de anunciar o nascimento de João Batista, o batizador(Luc 1:11-20), e o de nosso Senhor Jesus Cristo(Luc 1:26-38), sua forma materializada era, como aparência de homem. - Daniel 8:15.
               gabriel quer dizer: "Homem de Deus", "Vigoroso de Deus". Ele aparece duas vezes a Daniel, primeira vez, perto do rio Ulai(Dan 8:1,2,15,16), e, na segunda vez, no primeiro ano do rei Dario. - Daniel 9:1,20,2

.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.  FIM  DA  PRIMEIRA  PARTE .-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.




Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...