quarta-feira, 11 de março de 2015

Livros Apócrifos - Inspirados ou não? - Segunda Parte

              Nesta Segunda Parte deste Estudo sobre os Livros Apócrifos serem ou não inspirados para estarem no Cânon Bíblico, veremos um pequeno resumo de cada um dos sete livros que foram acrescentados na Vulgata Latina e mais três capítulos que foram acrescentados ao Livro de Daniel, e ainda uma relação de Livros Apócrifos que existem e que não foram incluídos no Cânon Bíblico.


      Livro de TOBIAS (Tobit) - Relato de um Judeu, deportado para Nínive que fica cego por ter caído esterco de pássaro em seus olhos. Ele manda seu filho, Tobias, à Média para cobrar uma dívida, e Tobias é guiado por um anjo, que se faz passar por homem. No caminho, ele obtém o coração, o fígado e o fel de um peixe. Encontra-se com uma viúva, embora fosse casada sete vezes, continuava virgem, visto que cada marido foi morto por Asmodeu, o mau espírito, na noite de núpcias. O anjo incentiva Tobias a casar-se com ela, e por queimar o coração e o fígado do peixe, expulsa o demônio. Retornando para casa, restabelece a visão de seu pai, usando o fel do peixe. É bem provavel que a história tenha sido originalmente escrita em aramaico e calcula-se que ela seja aproximadamente do Terceiro Século AEC.

        Livro de JUDITE - É o relato sobre uma bela viúva Judia da cidade de "Betúlia", o rei Nabucodonosor envia um oficial para destruir toda a adoração, exceto a ele mesmo. Os Judeus em Betúlia foram sitiados, mas Judite finge ser traídora da causa Judaica e é admitida no acampamento, onde ela passa um relatório falso sobre as condições da cidade. Num banquete onde o oficial fica embriagado, ela consegue decapitá-lo com a sua própria espada. Na manhã seguinte, o acampamento inimigo é lançado em confusão, e os Judeus ganham uma vitória completa. Acredita-se que foi escrito em hebraico, e na Palestina, durante o período grego, perto do segundo século ou do começo do primeiro século AEC.
                                                                                                         
       Livro SABEDORIA (de Salomão) - Exalta os benefícios para os que procuram a sabedoria divina. A sabedoria é personificada como mulher celestial. Embora Salomão seja mencionado especificamente por nome, em certos textos, o livro cita passagens de livros bíblicos escritos séculos depois da morte de Salomão.

        O Livro de ECLESIÁSTICO -  Também chamado de "Sabedoria de Jesus, Filho de Sirac", o mais longo dos Livros Apócrifos, o escritor explica a natureza da sabedoria e sua aplicação para uma vida bem-sucedida. No Livro a observância da Lei é fortemente enfatizada. Conselhos sobre a conduta social e da vida diária, modos a mesa, sonhos e viagens. Indo em contrário a declaração de Paulo em Romanos 5:12-19, que lança a responsabilidade pelo pecado sobre Adão, Eclesiástico díz que foi pela mulher que começou o pecado, e é por causa dela que todos morremos. O Livro foi escrito em hebraico, no começo do segundo século AEC.


          O Livro de BARUQUE - O Livro relata as expressões de arrependimento e as orações por alívio por parte dos Judeus exilados em Babilônia, exortações para seguir a sabedoria, incentivo para esperar na promessa de libertação e a denúncia da idolatria Babilônica. Foi escrito provavelmente em hebraico e no segundo ou primeiro século AEC.

       Livro de PRIMEIRO MACABEUS - Trara especialmente das façanhas do Sacerdote Matatias e de seus filhos, Judas, Jônatas e Simão, nas lutas com os Sírios. Esta é a mais valiosa das obras Apócrifas, por causa das informações históricas que fornece sobre o período do Segundo Século AEC. Foi evidentemente escrita em hebraico por volta da última parte do Segundo Século AEC. 

       Livro de SEGUNDO MACABEUS - Não foi escrito pelo autor do Primeiro Macabeus. O escritor apresenta o Livro como resumo das obras anteriores de certo Jasão de Cirene. Descreve as perseguições sofridas pelos Judeus sob Antíoco Epifânio, o saque do templo e sua subsequente rededicação deste. No dogma católico usam-se diversos textos em apoio de doutrinas tais como a punição após a morte, a intercessão de santos, e ser próprio orar pelos mortos. O Livro foi evidentemente escrito em grego, no período entre 134 AEC e a queda de Jerusalém em 70 EC.


       T r ê s    C a p í t u l o s    a d i c i o n a d o s    a o    L i v r o    d e    D a n i e l :

1°) CÂNTICO  DOS  TRÊS  JOVENS - Consiste em 67 versículos que apresentam uma oração supostamente proferida por Azarias dentro da fornalha ardente, seguida por um relato de um anjo que apagou as chamas. É bastante similar ao Salmo 148, é escrito em hebraico, e é considerado como do Primeiro Século AEC.


2°) SUSANA E OS ANCIÃOS - Relata um incidente na vida da bela esposa de Joaquim, um Judeu rico em Babilônia. Enquanto Susana se banhava, dois anciãos Judeus, que incentivaram ela a cometer adultério com eles, e como ela recusou, inventaram uma acusação falsa contra ela. Na Septuaginta grega o trecho foi colocado antes do Livro Canônico de Daniel, e na Vulgata Latina foi colocado depois dele. Algumas versões o incluem como capítulo 13 do Livro de Daniel.


3°) A DESTRUIÇÃO DE BEL E DO DRAGÃO - No relato o Rei Ciro exige que Daniel adore um ídolo de deus Bel. Por aspergir cinzas no pavimento do templo e assim descobrir pegadas,Daniel prova que o alimento supostamente consumido pelo ídolo na realidade é consumido pelos sacerdotes pagãos e suas famílias, eles são mortos e Daniel destroça o ídolo. O rei requer de Daniel adorar um dragão vivo. Daniel destrói o dragão, mas é lançado na Cova dos Leões pela população. Durante os sete dias de confinamento, um anjo pega Habacuque pelos cabelos e leva ele e uma tigela de alimentos a fim de prover Daniel, ele é solto e seus oponentes são lançados nela e devorados. Considera-se ser do Primeiro Século AEC.


              U m a   R e l a ç ã o    d e    O u t r o s    L i v r o s    A p ó c r i f o s :

- I e II Livro de Adão e Eva   - Testamento de Rúben    - Atos de Pilatos   - Salmo 151
- O Livro de Melquisedeque        - Testamento de Simeão     - Evangelho de Nicodemos
- O Livro de Enoque                       - Testamento de Levi     - Evangelho de bartolomeu
- O Livro dos Segredos de Enoque    - Testamento de Judá      - Evangelho de Judas
-  Livroda Ascenção de Isaías         - Testamento de Issachar      - Evangelho de Pedro
- Conto dos Patriarcas         - Testamento de Zabulon          - O Evangelho da Verdade
- Testamento de Dan          - Proto-Evangelho de Tiago      - Testamento de Gad
- O Testamento de Abraão          - Testamento de Nephtali       - O Evangelho de Tiago
- Assunção de Moisés         - Atos de Paulo e Tecla       - Testemunho de Benjamim 
- Caverna dos Tesouros   -Testamento de Aser   -Sophia de Jesus Cristo  -Melchizedek
- Livro de Enoque     - Testamento de José    - Epístola de Barnabé     - Agrapha Extra
- Oração de Manassés      - Epístola de Drogneto         - Evangelho Árabe da Infância
 - A História de José, o Carpinteiro   - Salmos de Salomão    - Carta de Pedro a Felipe
- Orações Mágicas dos Essênicos           - Evangelho Pseudo-Mateus da Infância
- Hino da Pérola       - Evangelho Pseudo-Tomé         - Evangelho Segundo Felipe 
- Sobre a Origem do Mundo   -Carta de Lentulus ao Imperador Tibérius     -Apologia       
- O Livro dos Jubileus     - A História dos Evangelhos      - A Vingança do salvador        
- Descida de Cristo ao Inferno(Versão Grega)      - Evangelho de Tomé, o Contentador
- Descida de Cristo ao Inferno(Versão Latina)     - Epístola de Policarpo aos Filipenses
- A Infância de Cristo Segundo Pedro    - Sentença dada por Pilatos contra Jesus Cristo 
- A Crucificação de Cristo Segundo Pedro     -Didaché-O Ensino dos Doze Apóstolos
- Evangelho O pastor de Hermas(Trechos)     - 1°  Carta de São Clemente aos Coríntios
- Evangelho Apócrifo de João(versão longa)    - 2° Carta de São Clemente aos Coríntios
- Retrato do Salvador      - Epístola aos Laodicenses      - Evangelho Pitis Sophia
- Correspondência entre Pôncio Pilatos e Herodes     - O Evangelho de Maria Madalena
- Julgamento e condenação de Pilatos    - Epístola aos Laodicenses    - José e Asenath
- Discurso sobre o domingo, Dia Santo do Senhor    - Declarações de José de Arimatéia  
- Carta de Pilatos ao Imperador Romano       -  Morte de Pilatos, o que condenou Jesus
- Relatório de Pilatos sobre Jesus Cristo            - Excertos do evangelho de Maria
 - Evangelho Gnóstico de João    - Carta de Herodes a Pilatos e de Pilatos a Herodes 
- Cartas entre o Rei Abgaro e Jesus Cristo        - Carta de Tibérius a Pilatos   
- O Evangelho de Valentino        - Excertos do Evangelho Armênico da Infância   
- Apócrifos da Assunção            - Passagem da Bem-Aventurança da Virgem Maria  

- Apocalipse de Baruch    - Apocalipse de Adão    - Apocalipse das Semanas (Enoch)
- Apocalipse de Abraão     - Apocalipse de Moisés      - Apocalipse de Paulo
- I e II Apocalipse de Tiago     - Apocalipse de Tomé     - Apocalipse de Pedro  
- Apocalipse de Elias ( Sequencia do Apocalipse de Sofonias, capítulo 18:6 )   
                   
.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-. 
F O N T E    D E    A J U D A     N O    E S T U D O :

solascriptura-tt.org/com.br        www.spectrumgothic.com.br          biblia.com.br
   wikepédia- Enciclopédia Livre              www.gotquestions.org./portugues
           iadrn.blogspot.com            novotempo.com           www.guia.heu.nom.br    
lucasbanzoli.no.comunidades.net             misteriosantigos.50webs.com
.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.

Márcio Roberto da Silva    -    Auxiliar na Obra do senhor
         Igreja Assembléia de Deus - Viamão - RS  -  Setor 16 / Jari



Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...