quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Artigo de Márcio Silva - Jesus Cristo, Duas Naturezas

                                  J E S U S   C R I S T O  -  D U A S     N A T U R E Z A S

                      Você já ouviu falar nas naturezas de Jesus Cristo? Ele é humano ou divino?
                                   É possível que Cristo seja os dois ao mesmo tempo?
                           Porque o Messias precisou nascer e viver como homem entre nós?

            Na história da humanidade inúmeros homens marcaram sua época. São físicos, matemáticos, cientistas, escritores, generais de guerra, governadores, presidentes, enfim, são pessoas que revolucionaram o mundo. Mas, somente um homem foi extraordinário com palavras, e viveu de maneira excepcional e nos deixou exemplos admiráveis. Este homem é Jesus Cristo.
             O discípulo de Jesus, Mateus, descreve em seu Evangelho uma sucessão de nomes relacionados à genealogia de Jesus. Ele preocupou em mostrar que Cristo era descendente de Davi e de Abraão. - Mateus 1:1.

     Embora possuísse um caráter divino ao nascer como homem, Jesus compadeceu-se de toda a natureza humana, o texto de Hebreus 4:15, diz: "Porque não temos Sumo Sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; antes, foi ele tentado em todas as coisas, à nossa semelhança, mas sem pecado". Como qualquer pessoa, ele estudou e frequentou a sinagoga (Lucas 4:16,17); foi a festas (Lucas 2:41); aprendeu uma profissão (Marcos 6:3); teve fome (Marcos 11:12) e até cansou em momentos difícieis. - João 4:6-8.   

        Características humanas de Jesus Cristo:
 - Admirou-se com a fé do centurião. - Mateus 8:10;
- Chorou pela morte de Lázaro, seu amigo. - João 11:35;
- Perturbou-se o coração, angustiou-se a alma. - João 12:27;
- Passou por momentos de grande aflição e angústia. - Marcos 14:33;
- Experimentou a dor. - Mateus 27:45-50;
- Pediu forças a Deus, e foi consolado. - Lucas 22:41-43;
- Entregou-se à morte. - Filipenses 2:8.

               Jesus Cristo era, ao mesmo tempo, completamente humano e divino. A Bíblia Sagrada nos relata de que Jesus, embora fosse homem, também possuía atributos divinos.

        Atributos divinos de Jesus:

- Ele acalmou uma tempestade. - Marcos 4:39;

- Libertou um homem endemoniado. - Marcos 5:1-13;

- Curou uma mulher enferma. - Marcos 5:27-33;


 - Perdoou pecados. - Lucas 5:20;

- Deu autoridade aos discípulos. - Marcos 16:15-18;

-Ressuscitou mortos. - Marcos 5:35-43;

- Era onisciente, pois conhecia o pensamento e a vida das pessoas. - Marcos 2:8; João 1:48-50.



                                Mas, afinal, para que Jesus precisou vir ao mundo?
       Dentre os muitos planos que Deus tinha na vinda do Seu Filho, vamos destacar três:

                                                - Demonstração do amor de Deus:
                 Deus já tinha demonstrado inúmeras atitudes de amor para com a humanidade; proveu alimentos no deserto; libertou do cativeiro; curou; livrou da morte e deu vitória em tempos de guerra, mas a sua maior demonstração de amor a humanidade, foi a entrega de seu Filho para morrer em nosso lugar, quando ainda éramos pecadores. - João 3:16; Romanos 5:8.

                                               - A Salvação do Pecador:
                O Livro de Isaías 53:4-11, afirma que o Messias traria salvação ao pecador. E esta foi a principal obra de Jesus em nossas vidas (Mateus 1:21); e o motivo principal de Cristo pregar o Evangelho não foi ensinar uma nova doutrina, nem um novo estilo de vida. Ele veio principalmente para morrer por toda a humanidade.

                                        - O Exemplo de que a Santidade é Possível:
               Jesus exemplificou o amor de Deus, salvou o pecador e demonstrou que é possível estar no mundo e ter uma vida que agrade ao Senhor. Além de entregar-se para a nossa salvação, ele nos deixou exemplos de santidade que devemos seguir, e para isso, precisamos apenas seguir os seus passos. - I João 2:6; I Pedro 2:21,22.

               Jesus Cristo foi convocado pelo próprio Deus para uma missão muito importante e exclusiva: A Salvação da Humanidade, e isso foi feito unindo em si próprio a natureza divina e humana.
              Assim, Jesus Cristo, foi Deus e homem ao mesmo tempo, e certamente, marcou a nossa história para sempre.






                                     -.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.

                                                                           Márcio Roberto da Silva.




Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...